Mopi - [ Facebook Link Post - Instagram - Tumblr ] - Institucional - Blog Matéria 02_Tumblr

PROJETO CORRUPÇÃO – O início, o fim e o meio

Colégio também é lugar de discutir sobre temas que fazem parte do cotidiano de uma sociedade moderna.

Pensando nisso, o Mopi lançou o projeto “Corrupção: o início, o fim e o meio”, envolvendo o Ensino Fundamental II e as 1as e 2as séries do Ensino Médio, das unidades Tijuca e Itanhangá.

O objetivo dessa proposta é trazer uma reflexão sobre a corrupção nos dias de hoje e identificar oportunidades para combatê-la com eficácia. O mais interessante neste projeto é que ele se desenvolve por meio da visão analítica e política dos próprios estudantes e do modo como eles encaram suas escolhas no dia a dia, nas atitudes mais simples do seu cotidiano e até nas decisões que podem impactar todo um país.

Os grupos, compostos por alunos de séries diferentes, entendem todo o conceito de corrupção, suas variadas visões e são instigados a se apropriarem do assunto. Por meio de pesquisas e informações adquiridas, eles desenvolvem propostas de boas práticas relevantes e que contribuam diretamente para uma mudança efetiva no mundo em que vivemos.

A ideia do trabalho é identificar, disseminar e aplicar boas práticas na prevenção e no controle da corrupção, além de coordenar e facilitar o desenvolvimento de estratégias e de metodologias para o enfrentamento global dessa prática tão maléfica à sociedade como um todo.

Em nosso encontro, quando fizemos o lançamento do projeto “Corrupção: o início, o fim e o meio”, profissionais especializados no assunto vieram ao Mopi para debater o assunto junto aos alunos, além de discutir sobre as atitudes corruptas, como elas acontecem em nosso dia a dia e as ações para contê-las ou minimizá-las.

Estiveram presentes Leandro Machado (cientista político e fundador da ONG RAPS, Fábrica de Bons Políticos); Chico Otávio (repórter do Jornal O Globo); Gaya Nery (monitora de filosofia no Mopi e voluntária em instituições e ONGs); e Renana Lessa (assessora do CAO Educação/RJ e mediadora do evento).

Envolvidos com o tema, um de nossos alunos, durante o encontro de abertura, citou uma prática vivenciada em seu momento de lazer e que, infelizmente, é bastante comum no nosso cotidiano. Ele narrou que, determinado dia, enquanto sua mãe aguardava uma vaga no estacionamento de um shopping da cidade, um lugar foi disponibilizado. Nesse instante, outra pessoa entrou na sua frente, ignorando a espera. Esse episódio demonstra o total desrespeito ao próximo e às leis básicas da convivência em sociedade, muito bem exemplificado por nosso aluno, que complementou: “Achei um desrespeito. Queria discutir com o motorista do carro, mas achei melhor não.” – concluiu ele.

Analisando a situação, Gaya Nery, Monitora de Filosofia, acrescenta: “A agressão física ou verbal não fará diferença alguma. A conscientização e o pensamento coletivo das pessoas é que precisam evoluir.”

Outro ponto abordado no encontro foi a menção do Repórter Chico Otávio, do Jornal O Globo, ao atual momento político em que nosso país vive. Ele cita que a falta de transparência e veracidade nos dados fornecidos para a composição de uma matéria de cunho político, por exemplo, facilita enormemente a prática da corrupção no nosso país.

Durante a Mostra Mopi, um evento interdisciplinar que acontece no final do ano, cada grupo apresentará e defenderá o seu trabalho, para que todo público escolha o projeto mais fundamentado e eleja aquele que irá representar o Mopi nos devidos órgãos governamentais competentes.

É o Mopi, atuando no desenvolvimento de cidadãos que:

• Buscam informação e compartilham opiniões e argumentos;
• Sabem discernir o que é certo e errado a partir das informações disponíveis;
• Participam de decisões que os orientam e os controlam;
• Analisam os impactos e o custo socioambiental de decisões tomadas para os diversos campos envolvidos;
• Vislumbram os diferentes aspectos éticos, sociais, psicológicos e econômicos envolvidos em processos decisórios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *