A gente ensina a aprender e toda a família aprende a ensinar

Pegando carona com o nosso slogan, neste ano, em comemoração aos nossos 46 anos, convidamos os responsáveis a realizarem uma aula diferente para os nossos alunos e, assim, fazerem parte de nossa história. Poderia ser o que quisessem e o que gostassem de fazer. Oficinas de culinária, palestra sobre orientação vocacional, aula de teatro, dança, meditação e muito mais foram as atividades que entraram na grade deste ano e movimentaram as salas de aula.

O Bruno, pai da aluna Ana Clara, atua no 2° GMar do CBMERJ, na Praia da Barra e explicou para a turma do 1º ano como é o dia a dia de um bombeiro. Ele mostrou alguns objetos que utiliza em seu expediente, como o “rescue tube”, usado para resgatar pessoas afogadas e a “pocket mask”, que oferece suporte a vítimas de parada cardiorrespiratória. Ao final da aula, como forma de agradecimento, os pequenos entregaram um lindo cartão para o “professor”, que deu um show de como ser um herói para a nossa sociedade.

O Maurício, pai da aluna Carolina, levou muita informação sobre tecnologia aos alunos do 7º ano. Ele falou sobre o funcionamento dos computadores e, utilizando máquinas desmontadas, explicou sobre o “cristal líquido”, responsável pelo efeito visual do monitor. Maurício ainda convidou os alunos a serem engenheiros e mecânicos por um dia, fazendo soldagens nas placas-mãe desses equipamentos.

O “professor” também lembrou sobre a importância do descarte correto de eletrônicos e alertou para os perigos de manuseá-los de forma incorreta.

Já a Roberta, mãe da Valentina e da Beatriz, deu uma aula aos alunos do 4º ano sobre os benefícios da respiração. Ela contou pra gente como se sentiu sendo “professora” por um dia: “Foi uma experiência incrível. Os alunos estavam animados e eu ansiosa para saber se compreenderiam a minha proposta. As crianças foram muito receptivas”, diz Roberta, que aproveitou para enaltecer nossos educadores. “Fiquei imaginando o dia a dia dos professores, que são grandes mestres para nossos filhos e fonte de inspiração para qualquer responsável.” Roberta gostou tanto da experiência que já planeja um próximo encontro com os alunos. “Na próxima oportunidade, quero dar a aula para as minhas filhas. Para mim, estar próxima da escola é tornar ato contínuo o processo de educação de nossos filhos”, finaliza.


Gostaríamos de agradecer a todos os pais que foram “professores” por um dia. As aulas foram muito especiais e levaram muito conhecimento aos nossos alunos.