Estivemos no ICM 2018!

WhatsApp Image 2018-08-13 at 18.57.37

Na semana passada, nós participamos do maior  congresso de matemáticos do mundo, o ICM 2018, que aconteceu neste mês de agosto, no Riocentro. Esta é a primeira vez em que o evento ocorre na América Latina, com uma história de mais de 100 anos, e tendo como um dos objetivos centrais tornar a matemática popular e conhecida na sociedade global, sobretudo entre os jovens. Nossos alunos foram convidados para uma visita pelo congresso e, ainda, tiveram a oportunidade de conhecer o iraniano Caucher Birkar, ganhador da medalha Fields, considerada o Nobel da Matemática. Essa edição do ICM, como de costume, recebeu acadêmicos do mundo todo, contando com uma estrutura pensada para o bem-estar dos participantes.

Uma das propostas foi o espaço Child Care, que esteve sob a nossa administração. O ambiente funcionou como um pedacinho da escola, oferecendo a experiência já consolidada no dia a dia das unidades aos filhos dos congressistas. Dessa maneira, os inscritos no evento puderam aproveitar a programação enquanto suas crianças ficavam em um local seguro, divertido e acolhedor.

A nossa equipe  preparou um roteiro repleto de atividades para os pequenos, que vieram de diversas partes do mundo e tinham idade entre 2 e 10 anos.  Na maior parte do dia, houve brincadeiras que permitiram a interação do grupo, manifestando um pouco da natureza multicultural do ICM e em conexão com a essência do Mopi, que também preza bastante pela integração. Vale destacar a série de exercícios temáticos que apresentou a cultura do Rio e de outros países aos pequenos visitantes, através de filmes, jogos, conversas, dança e arte. Além desse conteúdo, as crianças também aprenderam, como não poderia ser diferente, sobre Matemática. Tudo de maneira descontraída e envolvente.

“Esta foi uma experiência fantástica. As crianças são de nacionalidades bem diferentes. Tivemos um finlandês, um argentino, uma russa, um francês, turcos, iranianos… Foi incrível poder unir essas culturas aqui. Dessa forma, percebemos que crianças são crianças em qualquer lugar do mundo. Ensinar no Mopi foi o que me deu fundamento para trabalhar com as crianças, mesmo que não fossem nossos alunos. Apesar disso, vimos que a metodologia do Mopi foi além das fronteiras do Brasil”, afirmou Bianca Albuquerque, trainee teacher do Mopi.

“Nossa linguagem corporal vale muito, e o Mopi valoriza bastante esse modo de educar, trabalhando o corpo, o movimento, as expressões artísticas. O idioma acabou nem sendo uma barreira significativa. Foi uma grande experiência para os profissionais do Mopi que estão aqui”, também salientou Natalia Sampaio, outra trainee teacher que compôs a equipe do ICM e que integra o Horário Smart do Mopi.

Para fechar os dias de congresso, uma Costume Party foi promovida para os nossos queridos hóspedes do Child Care. Esperamos que o Mopi tenha marcado a todos com a lembrança de dias divertidos no Rio. Até a próxima!