Projeto Smart Bilíngue: learning & having fun

Criação de jogos. Escrita criativa. Laboratório maker. Yoga. Produção de vídeos. Esportes. Dança e trabalho corporal. Tudo em inglês, de forma lúdica e por meio de experiências únicas, em que o aluno é estimulado a exercitar toda a sua criatividade, o protagonismo, o espírito de equipe e a capacidade de resolver problemas, enquanto desenvolve a fluência em uma nova língua.

Cópia-de-IMG_3130

No Projeto Smart, a ordem é colocar a mão na massa e se divertir. Tem forma melhor de aprender inglês? Para os nossos alunos, não.

Um exemplo disso foi a criação do VibroBot (robô da limpeza), no projeto Low Tech Maker.

No Espaço Let’s (Laboratório de Educação e Tecnologias), a criatividade e a mão na massa foram os comandos. A garotada separou os materiais necessários, como fios, escovinha e pilhas, e se debruçou sobre a engenharia desse mecanismo. Por último, após a obra de arte pronta, o nome precisaria ser escolhido.

Jhon, Mary, Jack e Mark estavam entre as opções para registrar o pequeno amigo de lata.

Desenvolver a criatividade, o senso básico de direção, noções de robótica e engenharia, além de trabalhar o raciocínio e o incentivo ao ato de criar com as próprias mãos foram os objetivos da atividade.

E é assim que acontece no Smart, por meio de descobertas, criações e experiências diferentes, os alunos expandem o vocabulário e aprendem a se comunicar em inglês. Todas as atividades são guiadas por profissionais da Cultura Inglesa, que trabalham o idioma em todo o processo de execução das aulas.

Cópia-de-IMG_3223

“O objetivo é mesmo desconstruir a sala de aula.” Afirma Rosa Falcão, coordenadora do Horário Smart.

“No Projeto Smart, o inglês é o meio pelo qual os alunos vão se expressar para desenvolver as atividades propostas, não o objetivo final. E a resposta tem sido fantástica. Eles estão adorando botar a mão na massa, em vez de aprenderem apenas pelos livros. A identificação é muito maior, e a evolução na desenvoltura para falar e se apresentar em inglês é nítida”.   

Complementa Rosa.

Elaborado em parceria com a Cultura Inglesa, o Projeto Smart é uma abordagem exclusiva do Mopi para a prática do inglês. São até 15 horas semanais de atividades, como criação de jogos (Power of Play), comunicação em grupo (Drama Class), escrita criativa (Creative Writing), produção de vídeo (Media Lab) e trabalhos manuais (Low Tech Maker).

Trouxemos também a Ioga (1x por semana) e o esporte (2x por semana), todos em inglês, para incentivar o autoconhecimento, a concentração e o equilíbrio emocional de uma geração que vem apresentando fortes traços de ansiedade e imediatismo.

Cópia-de-IMG_9011

Além de aprenderem enquanto se divertem, os alunos ainda conquistam a excelência na fluência na língua, estando capacitados a alcançar os melhores níveis na certificação de Cambridge (CAE).

Fora todo o projeto trabalhado em inglês, o Módulo Smart ainda permite a expansão do horário do aluno na escola, sem nenhum custo adicional.

Além das 3 horas a mais por dia, após ou antes do horário regular (dependendo do turno da criança), a família que optar por esse módulo poderá deixar o filho até mais tarde – ou deixá-lo mais cedo – para realizar vivências infantis (no caso da Ed. Infantil) ou os deveres de casa (para as turmas a partir do Pré II até o 5º ano)*.

Assim, para os pais que necessitam deixar o filho no horário integral na escola, essa escolha é completa. O aluno permanecerá no Mopi das 8h da manhã até as 17h (ainda oferecemos a brinquedoteca das 07h às 08h e das 17h às 19h).

Are you ready? Go!

Venha nos visitar e conheça tudo sobre o Smart.

*Após as 3 horas do Horário Smart, as atividades do Integral e os deveres de casa são ministrados em português.